Arquivo da tag: História do Brasil

história

Pode um cristão ser comerciante e senhor de escravos?

2 maio, 2017 | Por Isabela Gaglianone

“[…] chegados aos nossos portos os navios de Guiné, devem ser examinados a respeito dos escravos que trouxerem, e os que se achar serem tomados, como o deviam ser, isto é, com averiguação e certeza de serem legitimamente cativados, devem ficar, como tais, no domínio de seus donos; e pelo contrário, os que se achar serem tomados como não o deviam ser, isto é, sem certeza e averiguação de que fossem legitimamente cativos, devem, como ingênuos, ser havidos por livres” – Manoel Ribeiro Rocha.

A Editora Unesp acaba de republicar a obra Etíope resgatado, empenhado, sustentado, corrigido, instruído e libertado, do padre jesuíta Manoel Ribeiro Rocha, originalmente publicada em 1758. Manoel Ribeiro Rocha, lusitano radicado em Salvador, procura uma “maneira cristã de tratar os escravos”, desde sua compra até sua libertação. Tentava, com a obra, encontrar um caminho conciliatório entre prática ignominiosa da escravidão, sustentáculo da economia colonial, e a pacificação da consciência daqueles que comercializavam e mantinham os cativos.

Continue lendo

Send to Kindle

lançamentos

Os fuzis e as flechas

17 março, 2017 | Por Isabela Gaglianone

Abertura da Transamazônica em 1970

Os fuzis e as flechas, do jornalista Rubens Valente, é uma investigação jornalística acerca de centenas de mortes de indígenas durante a ditadura militar no Brasil (1964-1985). Para compor os dados e histórias apresentados, o autor entrevistou oitenta pessoas, entre índios, sertanistas, missionários e indigenistas, percorreu 14 mil quilômetros de carro, esteve em dez estados e dez aldeias indígenas do Amazonas, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais; também recorreu a milhares de páginas coletadas em arquivos de Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro. Como resultado da vasta pesquisa, que durou dez anos, o livro, que acaba se ser publicado pela Companhia das Letras, traz à tona registros inéditos de erros e omissões que levaram a tragédias e extermínio de tribos inteiras.

Continue lendo

Send to Kindle

história

Levando água pelo peito

28 janeiro, 2015 | Por Isabela Gaglianone

A Companhia das Letras reeditou no final do ano passado Monções, estudo de Sérgio Buarque de Holanda, publicado originalmente em 1945, a respeito das expedições coloniais portuguesas pelos rios do sudeste e centro-oeste brasileiro, nos séculos XVIII e XIX.

Esta nova edição acrescentou ao livro um segundo volume, Capítulos de expansão paulista, uma coletânea, de organização inédita realizada pela historiadora Laura de Mello e Souza André Sekkel Cerqueira, de fragmentos do projeto do autor de ampliar o texto de Monções, com novas informações recolhidas ao longo de pesquisas posteriores, realizadas em Cuiabá e Lisboa. O título faz alusão a uma série de escritos inacabados de Sérgio Buarque de Holanda, como Capítulos de literatura colonial e Capítulos de história do Império.

Continue lendo

Send to Kindle

matraca

O humor como ética histórico-social

3 dezembro, 2014 | Por Isabela Gaglianone

Picasso, 1924.

Em Raízes do riso – A representação humorística na história brasileira: da Belle Époque aos primeiros tempos do rádio, o historiador Elias Thomé Saliba perpassa a história do Brasil sob o prisma do riso enquanto invenção histórica e representante de valores. Analisando como o humor criou-se no Brasil, desde o final do século XIX até a década de 1940, o livro mostra a relação entre a produção humorística brasileira e o processo de modernização do país através da participação na criação de um novo jornalismo e no desenvolvimento de novos meios de comunicação, e como, pelas inovações no uso da língua esta produção também aproximou a cultura escrita da tradição oral.

Saliba analisa o humor na imprensa diária ou semanal, nos palcos dos teatros de revista, nas gravações de discos, filmes e programas de rádio. O período que sua pesquisa cobre, aponta o destaque que a produção humorística teve na vida nacional, ainda que jamais tenha feito parte do cânone de consagração da chamada alta cultura. Ainda que não reconhecidos como tal, as críticas irreverentes dos humoristas, suas brincadeiras com a linguagem e com os costumes, formaram a crônica de um período de profundas transformações históricas no Brasil e inclusive contribuíram para moldar uma identidade brasileira.

O texto de Saliba é todo intermeado por divertidas anedotas e caricaturas, oferecendo um ponto de vista original sobre a visão de mundo dos brasileiros através de seu senso de humor.  Continue lendo

Send to Kindle

história

Joaquim Nabuco: Brasileiro, Cidadão do Mundo

18 agosto, 2009 | Por admin

Este é o título da exposição que será aberta amanhã no Museu Histórico Nacional, no Rio de Janeiro, em homenagem aos 160 anos de nascimento de Joaquim Nabuco.

Nabuco é conhecido como um personagem histórico de vida aparentemente paradoxal, como fica evidente na descrição de Angela Alonso em seu Joaquim Nabuco, da Cia. das Letras: “Os funerais de Nabuco narraram sua vida ao contrário, revelando suas múltiplas identidades. Ele gostava de se referir às duas faces de Jano, uma mirando o passado; outra o futuro. A imagem lhe serve perfeitamente. Vivendo numa era de mudanças, expressou-a existencialmente, oscilando entre a devoção à sociedade aristocrática e o empenho em reformas modernizadoras, que fatalmente a destruiriam. Foi simultaneamente cortesão frívolo, apegado à boa vida, e um corajoso homem público, golpeando autoridades políticas e hierarquias sociais. No estilo de vida, no ativismo político, na prática intelectual, equilibrou-se entre reforma e tradição.”

Além da reconhecida atuação política, Joaquim Nabuco também escrevia. Publicou, além do famoso O Abolicionismo, uma série de artigos no Jornal do Commercio, do Rio de Janeiro, analisando o mandato do presidente chileno José Manuel Balmaceda no fim do século XIX. Essa coletânea de artigos foi reunida e publicada em forma de ensaio (Balmaceda – A revolução chilena de 1891) pela Cosac Naify na coleção Prosa do Observatório, dirigida por Davi Arrigucci Jr.

Send to Kindle